Fundamentalmente, propaganda pode ser definida como “a manipulação planejada da comunicação visando, pela persuasão, promover comportamentos em beneficio do anunciante que a utiliza” e geralmente, cabe á propaganda informar e despertar interesse de compra/uso de produtos/serviços, nos consumidores, em beneficio de um anunciante (empresa ou entidade que a utiliza).

Vejamos como são tratados estes termos na língua de sua origem:

Advertising – anuncio comercial, propaganda que visa a divulgar e a promover o consumo de bens (mercadorias e serviços) ; propaganda de utilidade publica, que objetiva promover comportamentos e ações comunitariamente uteis (cidadania, drogas etc.);

Publicityinformação disseminada editorialmente (através de jornal, revistas, rádio, TV, cinema em outro meio de comunicação) com o objetivo de divulgar informações sobre pessoas, empresas, produtos, entidades, ideias, eventos, etc., sem que para isso o anunciante pague pelo espaço ou tempo utilizado na divulgação da informação.

Propaganda – propaganda de caráter político, religioso ou ideológico que tem como objetivo disseminar ideias dessa natureza.

publicidade e propaganda

Esse três conceitos fundem-se em português nos termos “propaganda” e “publicidade”, que são usados indistintamente  entre os profissionais do ramo

No Brasil para diferenciar os diversos tipos de propaganda, usamos adjetivações, como “propaganda política”, “propaganda ou publicidade comercial”, “propaganda de utilidade pública”, “publicidade editorial” etc.

Qual a diferença entre os termos publicidade e propaganda?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *