Quando a orientação é para dentro, o produto é criado em função da capacidade da empresa, colocando o interesse e o valor para o consumidor como conseqüência. Entretanto, quando a organização é voltada para marketing , o planejamento começa pela necessidade do mercado e soluções são desenhadas para satisfazer essas necessidades. A viabilidade econômica é determinada pelas condições do mercado, em volume e preços.

Por exemplo, um editor, na concepção moderna de marketing, pensa mais em termos das suas oportunidades do que simplesmente como editores. Os que se atêm a publicar textos pensam em si como fornecedores de conhecimento, e aqueles que publicam ficção pensam em si mesmos como provedores de divertimento. Se Harry Porter fosse apenas um livro não teria gerado bilhões de libras esterlinas de receitas.

Em uma visão interna, o conteúdo do livro é o produto final, porém em uma visão de mercado o que está sendo criado neste caso é uma entidade de marketing, relacionada com uma infinidade de ofertas, como filmes, jogos, menchandising, brinquedos etc. Quando as organizações reorientam o seu pensamento para esse caminho, são capazes de atender mais e melhor ás necessidades dos seus consumidores em vários mercados.

Qual a diferença entre a abordagem de marketing e a abordagem com ênfase na produção?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *