Bens de luxo ou de consumo conspícuo são considerados supérfluos, mas segundo Gustavo Franco, ex-presidente do Banco Central do Brasil, Luxo é a desproporção entre o prazer obtido (PRA) e o preço pago (PRE) para consumir um bem ou serviço. Se PRA for maior que PRE, para consumir um bem ou serviço. Se PRA for maior que PRE, temos uma pechincha, o luxo virtuoso. Se PRE for maior que PRA, temos exibicionismo, o luxo tolo.

O que é o consumo de luxo?
Classificado como:    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *