10 Dicas  sobre Marketing Pessoal

Você tem que ser o mestre da sua carreira. O sucesso profissional já não depende apenas do talento. É preciso estar sintonizado com a cadência cada vez mais rápida da mudança. Eis 10 regras para você melhorar seu marketing pessoal .

1 Seja responsável pela sua carreira.

Você tem que fazer um plano estratégico de carreira, no qual analisa as várias opções e escolhe a mais adequada às suas competências técnicas e pessoais. Você não está sozinho nesse esforço. Do mesmo modo que recorre ao aconselhamento financeiro para tomar as melhores decisões de investimento, também os conselheiros de carreira o poderão auxiliar a definir o rumo certo. Outro ponto-chave é o de assumir que este é um processo contínuo. Tal como você não recorre ao médico apenas quando está doente, também a gestão de carreira deve obedecer a uma filosofia preventiva e pró-ativa.

2 Melhore as habilidades pessoais.

A maior parte das demissões ou despedimentos não se devem à falta de competência técnica, mas sim a problemas de compatibilidade pessoal. Em regra, os executivos estão mais tempo com os colegas de trabalho do que com a família. Daí que as relações interpessoais e a empatia sejam fatores decisivos para o sucesso na carreira. Mesmo os teletrabalhadores já perceberam que o uso intensivo do correio eletrônico e da Internet não substitui os contatos pessoais.

3 Aprenda a comunicar-se melhor.

Muitas empresas são geridas por pessoas altamente qualificadas nas suas áreas de especialidade, mas que não são bons comunicadores. Você tem que lutar contra essa tendência. Ouvir bem é o primeiro passo. Tal como escreveu Stephen Covey em Os Sete Hábitos das Pessoas Eficazes, «ouvir os outros atentamente e compreender a natureza dos problemas é o melhor caminho para os resolver». Muitas pessoas agem ao contrário. Em vez de escutar, ensaiam o que vão dizer a seguir.

4 Adapte-se às mudanças.

Independentemente do cargo que ocupa ou da função que desempenha, você tem de antecipar e tirar partido da mudança. Isto implica conhecer as tendências em curso e de que forma vão influenciar o seu trabalho. Por exemplo, é um fato que a Internet mudará o modo como se gerem empresas. Concorde ou não com a tendência, você tem de se adaptar a ela.

5 Seja flexível e versátil.

A maioria dos trabalhadores precisa ser flexível o bastante para trabalhar bem sozinho, em equipa ou sob supervisão direta. Ao longo da carreira é mais do que provável que tenha de desempenhar regularmente cada um desses papéis e de se adaptar a ambientes e circunstâncias diversas. A sua vida pessoal é um bom exemplo. Quem tem filhos já percebeu quão necessário é o esforço de desempenhar vários papéis em simultâneo e de uma forma quase intuitiva: o de disciplinador, o de educador ou o de confidente. Nas várias fases da sua carreira terá de ter igual atitude.

6 Aposte nas novas tecnologias.

Nunca é de mais falar neste ponto. Ainda que a sua carreira não tenha sido afetada pela introdução de novas tecnologias, mais cedo ou mais tarde isso acontecerá. Não é uma questão de «se», mas sim de «quando». Veja-se o exemplo dos escritores que tiveram de vencer a relutância de passar da caneta e do papel para o novo mundo dos PC e dos processadores de texto. Com ou sem ajuda externa, você terá de se atualizar nesta área. Caso contrário, poderá ficar obsoleto.

7 Atualize os conhecimentos. Mesmo os mais qualificados já perceberam que o seu conhecimento é efêmero. Você tem de se atualizar na sua área de especialidade. Mas, ao mesmo tempo, terá de aumentar o seu portfolio de competências, adquirindo novas habilidades. Os cursos intensivos de formação, a participação em seminários e encontros de profissionais ou a assinatura de revistas da especialidade são excelentes opções de auto-formação.

8 Vá além dos estereótipos.

Muitas pessoas perdem excelentes oportunidades de carreira devido às suas concepções erradas sobre uma empresa ou função. Por exemplo, consideram as grandes empresas como as mais estáveis, quando é nestas que há mais despedimentos. Ou que para seguir uma carreira de marketing é melhor estar nas empresas de grande consumo, quando existem ótimas oportunidades nos bancos ou na indústria informática. Ou ainda que a gestão só serve para trabalhar em empresas.

9 Conheça a cultura da empresa.

Quando analisar as várias opções de carreira, procure saber qual é a cultura da empresa em que deseja trabalhar e até que ponto ela é compatível consigo. Conheça os valores e missão da empresa, o seu historial e a sua reputação no mercado e o tipo de pessoas que nela trabalham.

10 Invista mais em si.

Saber mais sobre um dado assunto é apenas uma parte do problema. O outro lado está em ganhar competências em áreas distintas. A longo prazo, é preferível ter qualificações e experiências em várias funções do que ser excelente numa única especialidade. Outro ponto essencial é que o sucesso na carreira não passa necessariamente pela progressão horizontal. Os movimentos laterais — para um outro cargo ou empresa — poderão ser um passo intermédio imprescindível para um novo salto qualitativo da sua carreira.

10 Dicas para melhorar seu Marketing Pessoal

8 ideias sobre “10 Dicas para melhorar seu Marketing Pessoal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *